aBERTURA

SETADI

Núcleo de Uibaí

Próximo Módulo em 21 de Maio de 2011

Disciplinas: Soteriologia e Cristologia

Compromisso com o ensino da Palavra de Deus!

Pré-Congresso

De Jovens

Dia 14 (Sábado) de maio na AD de Uibaí

Participe!

DIAS DE CULTOS

1. Domingo

- Escola Bíblica Dominical - Manhã

- Culto de Departamentos - Noite

2. Terça-Feira - Culto de Doutrina

3. Quarta-Feira - Culto Familiar

4. Quinta-Feira - Culto da Vitória

5. Sexta-feira - Circulo de Oração

Visite-nos!

Corpo de Obreiros

Credo das Igrejas Assembléias de Deus no Brasil

Cremos...

1. Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).

2. Na inspiração verbal da Bílbia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17).

3. Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).

4. Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).

5. Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8).

6. No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).

7. No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).

8. Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15).

9. No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7).

10. Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (1 Co 12.1-12).

11. Na Segunda Vinda premilenial de Cristo, em duas fases distintas. Primeira - invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra, antes da Grande Tribulação; segunda - visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos (1Ts 4.16. 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14).

12. Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10).

13. No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis (Ap 20.11-15).

14. E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).

sábado, 27 de novembro de 2010

A operação do Espírito Santo e a evangelização do mundo

Tema – A operação do Espírito Santo e a evangelização do mundo
Texto: Atos 1.8
Introdução. O crente cheio do Espírito Santo torna-se uma labareda de fogo (Hb 1.7). É como um tição aceso que põe fogo na seara daqueles que não conhecem a Jesus.
    Fogo é um símbolo da trindade: DEUS PAI (Hb 12.29), JESUS (Ap 1.14) e o ESPÍRITO SANTO (At 2.3).

1.      O Espírito Santo no A.T. pode ser simbolizado pelos três fogos que sempre deveriam estar acesos no Tabernáculo (2Cr 13.11).
a.       O fogo do altar do holocausto. Simboliza o amor de Deus ao dar o seu filho por nós. O  AMOR transbordado na vida do crente mediante o Espírito (Rm 5.5).
b.      O fogo do altar do incenso. Simboliza a oração. O Espírito Santo é Espírito de graça e de súplicas (Zc 12.10).
c.       O fogo do castiçal. Simboliza a operação do Espírito Santo na vida do crente, fazendo dele uma luz acesa que brilha e resplandece (Mt 5.14,15; Fp 2.15).
d.  O Espírito Santo se move como fogo no meio da igreja:    Purificando a igreja, aquecendo corações e dando maturidade espiritual (o fogo dá resistência ao vaso de barro).
2.      De que modo o Espírito Santo influencia nosso serviço?
a.       Através do revestimento de poder (At 4.31). O Espírito Santo não é dado para o nosso deleite, mas para sermos úteis (1Co 12.7). Deus quer operar por meio de cada crente, e faz isto segundo o poder que no crente opera (Ef 3.20).
b.      Um revestimento de poder (Lc 14.29)
Ø  Poder para servir;                >  Poder para vencer os desafios da vida;
Ø  Poder para ser testemunha:   > Poder para permanecer firmes na fé.
3.      Exemplos tirados de Atos dos Apóstolos, que mostram como o Espírito Santo dirigia os servos de Deus:
a.       O Espírito Santo guiou Ananias para dar assistência espiritual ao recém convertido Saulo (At 9.10-17).
b.      O Espírito Santo guiou Filipe para o caminho de Gaza, a fim de encontrar com um homem, para lhe esclarecer a Palavra (At 8.26-39.
c.       O Espírito Santo guiou Pedro por meio de uma visão, para pregar o Evangelho na casa de um gentio, Cornélio (At 10.10-20).
d.      O Espírito confirmou Saulo e Barnabé para a obra de missões (At 13.1s).
4.      Cada crente um ganhador de almas
O Espírito Santo é dado para nos ajudar (Rm 8.26). Ele quer nos capacitar para o serviço, operando em nós três coisas: AMOR, SABEDORIA E PODER. Como agir para ganhar almas para Cristo?
  1. Testemunho silencioso da vida do crente – Jesus disse que a nossa luz deve resplandecer diante dos homens, para que eles vejam as nossas boas obras (Mt 5.16).
  2. Intercessão – É necessário interceder pelas vidas para que as barreiras sejam derrubadas. Abraão intercedeu pelo sobrinho Ló (Gn 19.29). Moisés intercedeu pela congregação de Israel. Jesus acreditava na oração (Lc 22.32).
  3. Testemunhos com palavras – Tem que vir após a oração.
André testificou para Pedro (Jo 1.40-42). Felipe testificou para Natanael (Jo 1.43-50). A mulher samaritana testificou para a sua cidade (Jo 4.28-30, 39-42).
Conclusão. Então, este é o momento de agir. Não deixe as vidas morrerem, é hora de pregar o Evangelho! Mas como falar? Um bom conselho: comece, e Deus lhe ajudará!

Nenhum comentário:

Postar um comentário