aBERTURA

SETADI

Núcleo de Uibaí

Próximo Módulo em 21 de Maio de 2011

Disciplinas: Soteriologia e Cristologia

Compromisso com o ensino da Palavra de Deus!

Pré-Congresso

De Jovens

Dia 14 (Sábado) de maio na AD de Uibaí

Participe!

DIAS DE CULTOS

1. Domingo

- Escola Bíblica Dominical - Manhã

- Culto de Departamentos - Noite

2. Terça-Feira - Culto de Doutrina

3. Quarta-Feira - Culto Familiar

4. Quinta-Feira - Culto da Vitória

5. Sexta-feira - Circulo de Oração

Visite-nos!

Corpo de Obreiros

Credo das Igrejas Assembléias de Deus no Brasil

Cremos...

1. Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).

2. Na inspiração verbal da Bílbia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17).

3. Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).

4. Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).

5. Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus, para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8).

6. No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).

7. No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).

8. Na necessidade e na possibilidade que temos de viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15).

9. No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7).

10. Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (1 Co 12.1-12).

11. Na Segunda Vinda premilenial de Cristo, em duas fases distintas. Primeira - invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra, antes da Grande Tribulação; segunda - visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos (1Ts 4.16. 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14).

12. Que todos os cristãos comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10).

13. No juízo vindouro que recompensará os fiéis e condenará os infiéis (Ap 20.11-15).

14. E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

AS TRÊS MENSAGENS CHAVES DA BÍBLIA

TEXTO: Hb 10. 23,37
INTRODUÇÃO.
1.       A MENSAGEM DO CALVÁRIO. O Calvário nos fala de:
A.      Do triunfo de Cristo sobre o Diabo (Gn 3.15).
B.      Da esperança de reconciliação (Rm 5.10).
C.      Da dívida que foi paga (Jo 19.30).
D.      Da aproximação do homem com Deus (Ef 2.13).
    O cristão pode se esquecer de muitas coisas, mas jamais da mensagem do CALVÁRIO. Calvário é fonte de redenção.
2.       A MENSAGEM DO PENTECOSTE. O que significa o pentecoste para a igreja?
A.      Um movimento cujas raízes estão no coração de Deus (At 2.2).
B.      Ação do Espírito como vento.
C.      Ação do Espírito como fogo (At 2.3).
D.      Manifestação dos dons espirituais (1 Co 12.1-12).
E.       A dinâmica da igreja viva.
Como pentecostal que sou, afirmo sem medo de errar, que é impossível ser igreja, sem essa chama do fogo pentecostal.

3.       A MENSAGEM DO ARRABATAMENTO. Ele vem... Jesus, nosso Senhor.
       A Bíblia Sagrada é um livro repleto de promessas, para ser preciso são mais de oito mil promessas. Mas quero mencionar três promessas grandiosas de Jesus:
1.       Edificação da igreja (Mt 16.18).
2.       Derramamento do Espírito Santo (Jo 14; At 1.8).
3.       Arrebatamento (Jo 14.1-3; 1 Ts 4.13-18). (São mais de 300 referências no N.T).
- Aquele que EDIFICOU a igreja, enviou o ESPÍRITO, também há de vir buscá-la. Aleluia! Muitos têm a promessa por tardia, estão vivendo como se Cristo não mais voltará, mas, resta um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá, e não tardará.
A.      Ele vem para três povos diferentes:  Para Israel – virá como Messias; Para os gentios – virá como juiz; Para a igreja – virá como noivo.
B.      A 2ª Vinda de Cristo se dará em duas fases diferentes:
a.       Parousia (Rapidez, Invisibilidade e surpresa).
b.      Ephifanéia (Manifestação/Visível).
c.       As diferenças entre a 1ª e a 2ª Vinda de Cristo.
Nossa esperança é a sua vinda. O Rei dos reis vem nos buscar. Nós aguardamos Jesus ainda, até o amanhã raiar. H.C.
C.      Razões porque devemos crer na vinda de Jesus
·         Jesus afirmou (Jo 14.1-3) - Os santos escritores da Bíblia afirmaram (Jó 19.25; Hb 10.37).
·         Os anjos afirmaram (At 1.10,11) - Há um testemunho constante na santa ceia (1 Co 11.26).

D.      Como definir a vinda de Jesus
·         É um mistério que daqui a pouco há de se revelar a igreja (1 Co 15.51).
·         É a maior esperança da igreja (Tt 2.13).
·         É uma promessa de Deus Pai, que quando tudo for trevas aqui, nascerá o Sol da justiça (Ml 4.2).
·         É o maior desejo do Espírito Santo “Nosso Eliezer” (Apoc 22.17,20). O Espírito... diz vem...


E.       Alguns sinais precursores deste grande acontecimento
 Há muitos males que atacam a igreja: apostasia, esfriamento, perseguição, heresia, imoralidade, presunção e apatia. Mas Cristo se apresenta para cada igreja como o remédio para o seu mal.
1. Para a igreja de Éfeso - que havia perdido o seu primeiro amor, Jesus se apresenta como aquele que anda no meio da igreja, segurando a liderança na mão, como o seu pastor superior. Ele está dizendo, "eu vejo tudo e conheço tudo".
2. Para a igreja de Esmirna - que estava passando pelo sofrimento, perseguição e morte, enfrentando o martírio, Jesus se apresenta como aquele que esteve morto e tornou a viver.
3. Para a igreja de Pérgamo - que estava se misturando com o mundo e perdendo o senso da verdade, Jesus se apresenta como aquele que tem a espada afiada de dois gumes que exerce juízo e separa a verdade do engano.
4. Para a igreja de Tiatira - que estava tolerando a impureza e caindo em imoralidade, Jesus se apresenta como aquele que tem os olhos como chama de fogo.
5. Para a igreja de Sardes – que tinha fama, mas não realidade, tinha aparência de vida, mas estava morta, Jesus se revela como aquele que tem os sete espíritos de Deus.  
6. Para a igreja de Filadélfia - uma igreja fraca, mas fiel, Jesus vê muitas oportunidades diante da igreja e diz para ela que ele tem a chave de Davi, que abre, e ninguém fechará, e que fecha, e ninguém abrirá.
7. Para a igreja de Laodicéia - uma igreja sem fervor espiritual, morna, rica financeiramente, mas pobre espiritualmente, Jesus se apresenta como a verdadeira riqueza.

F.       Como será a volta de Jesus
a.       Será como um relâmpago (Mt 24.27). Esse símbolo nos fala de:
·         Clareza  e Velocidade.
b.      Será como um ladrão de noite (1 Ts 5.2).
·         Na simbologia bíblica noite significa: Pecado e  Sonolência.
·         Como ladrão significa: Ele virá inesperadamente para muitos; Ele virá ágil e apressado; Ele virá para buscar o que é precioso.
   G. DEVEMOS ESTAR PREPARADOS PARA A VOLTA DE JESUS CRISTO
      A. Devemos ter azeite na vasilha.
         * Em cinco lâmpadas faltou azeite, o azeite representa o Espírito Santo, que nunca deve faltar.
        *  “... jamais falte o óleo sobre a tua cabeça”. (Ec 9.8).
SENDO CHEIO DO ESPÍRITO SANTO PARA AGUARDAR A VOLTA DE CRISTO
1.       Os navios a vela dependiam dos ventos favoráveis para se mover, assim é  igreja do Senhor, ela depende do Espírito Santo para prosseguir. LEVANTEMOS AS VELAS PARA SERMOS GUIADOS PELO ESPÍRITO.
2.       Paulo em Efésios 5.18 diz: Enchei-vos do Espírito...        
3.       Os quatro ventos do Espírito: RESTAURAÇÃO, TRANSFORMAÇÃO, DIREÇÃO E PODER.
      B. VESTES BRANCAS – SANTIDADE/PUREZA.
      C. GUARDAR O QUE TEMOS
        > Os tesouros que Deus colocou no vaso de barro.               > Quando se perde o tesouro
         > Conselhos de Jesus para os que perderam o tesouro: acender a candeia, varrer a casa e buscar com diligência.
Conclusão: A volta de Cristo é um assunto muito sério, portanto deve ser encarado com responsabilidade, esperança e anelo. Para habitar no céu, é preciso se enquadrar nas exigências do dono do céu (Sl 15).

Nenhum comentário:

Postar um comentário